UEMS

23.11 – UNIDADE DE AQUIDAUANA – COORDENADORIAS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

Atualizado em 27/10/2022 às 15:10

O QUE É ESTE SERVIÇO

O QUE É?
A coordenadoria de curso, de acordo com o art. 39 da RESOLUÇÃO COUNI-UEMS N. 479,
de 23 de junho de 2016, é o órgão articulador do trabalho coletivo que permite que o curso
legitime os objetivos propostos em seu Projeto Pedagógico.
QUAIS ATRIBUIÇÕES?
Cabe à Coordenadoria do Curso:
I – executar, em conjunto com a secretaria acadêmica e o DRA, o processo de matrícula e
renovação de matrícula dos alunos, de acordo com regulamentação específica; II –
acompanhar os assentamentos dos diários de classe, do registro de frequência e avaliações,
observados os prazos do Calendário Acadêmico; III – coordenar e desencadear os processos
de aproveitamento de estudos e transferências internas e externas; IV – informar e orientar o
corpo docente e o corpo discente do curso quanto às normatizações internas e demais
encaminhamentos dos órgãos da UEMS; V – acompanhar o processo de lotação dos
docentes, informando aos órgãos competentes as alterações efetuadas; VI – elaborar o
horário de aulas do curso, submetê-lo à aprovação do Colegiado de Curso e acompanhar o
seu efetivo desenvolvimento; VII – supervisionar o cumprimento do Projeto Pedagógico e do
horário de aulas dos docentes; VIII – zelar pelo bom cumprimento das atividades dos docentes
do curso, aplicando as penalidades cabíveis quando for o caso; IX – informar aos órgãos
competentes da UEMS os casos de não cumprimento das disposições previstas no inciso VII deste artigo; X – orientar alunos ou seus representantes nos casos de licença previstos nas
normas vigentes, comunicando aos docentes o período de vigência do impedimento; XI –
receber recurso quanto aos pedidos de revisão de avaliação escrita, e designar docentes
para compor a banca revisora, ouvido o Colegiado de Curso; XII – promover a integração dos
conhecimentos produzidos no curso com a comunidade na qual o mesmo está inserido; XIII
– participar do processo de discussão sobre implantação e extinção de cursos, bem como
sobre ampliação e redução de vagas; XIV – exercer as competências do presidente do
Colegiado de Curso; XV – representar o curso em eventos promovidos pelas entidades ligadas
à área do curso; XVI – articular com a Gerência da Unidade Universitária a promoção e o
desenvolvimento de eventos e outras atividades afins realizadas no âmbito das Unidades
Universitárias da UEMS; XVII – articular junto ao Colegiado de Curso o processo de
elaboração, reformulação e adequação do Projeto Pedagógico do curso, de acordo com as
políticas internas e nacionais; XVIII – viabilizar a execução das atividades relacionadas ao
estágio, selecionando, também, junto à comunidade externa, os campos de estágio
adequados à formação exigida pelas disciplinas, firmando termo de compromisso ou,
conforme o caso, encaminhando aos órgãos competentes a minuta de convênio; XIX – tomar
ciência dos projetos de ensino, pesquisa e extensão referentes às modalidades de Atividades
Complementares; XX – articular, junto ao Colegiado do Curso, a promoção de eventos ligados
à pesquisa, ensino e extensão que contribuam para a qualidade do ensino; XXI – encaminhar
os planos de ensino, contendo o programa e os critérios de avaliação propostos pelos
docentes de cada disciplina, para aprovação do Colegiado de Curso; XXII – publicar em edital
as datas dos exames finais previstos para cada disciplina visando evitar o acúmulo de exames
no mesmo dia, ouvidos os docentes das respectivas disciplinas; XXIII – coordenar o processo
de avaliação do curso, incluindo a avaliação do estágio probatório do corpo docente ligado
ao curso, de acordo com as normas vigentes; XXIV – divulgar, ao corpo docente e discente
do curso, os processos de avaliações da Educação Superior e as normatizações referentes
ao mesmo, bem como os resultados obtidos com vistas à proposição de medidas
pedagógicas para garantir um resultado satisfatório do curso; XXV – executar o cadastro de
alunos para fins de avaliação do Curso; XXVI – colaborar na elaboração do plano de
capacitação docente, ouvido o Colegiado respectivo; XXVII – realizar reuniões pedagógicas
com o colegiado e docentes do curso; XXVIII – administrar os conflitos internos, de forma
transparente e objetiva, encaminhando, quando for o caso, para os órgãos competentes;
XXIX – desenvolver outras atividades no âmbito de sua área de atuação.

– COORDENADORIA DO CURSO DE AGRONOMIA

SOBRE O CURSO
A Agronomia é um curso ligado às Ciências Agrárias, envolvendo, portanto, profissionais que

estão diretamente relacionados às questões agrícolas, seja no desenvolvimento científico-
tecnológico, ou em problemas sociais cada vez mais presentes no campo. Como as

atividades relacionadas à agropecuária projetam o desenvolvimento do Estado de Mato
Grosso do Sul e contribuem para uma grande parcela do PIB brasileiro, o curso de Agronomia
da UEMS contribui sobremaneira para capacitar profissionais especializados, engajados com
a necessidade de conviver com as limitações e as potencialidades do Cerrado, visando
aproveitar a sua riqueza e maximizar a produção de alimentos, energia, produtos têxteis,
dentre outros. Os princípios e objetivos para o Curso de Agronomia da UEMS, incluem: gerar
e desenvolver tecnologias para o desenvolvimento agropecuário no estado de Mato Grosso
do Sul; capacitar recursos humanos; estabelecer um elo entre o homem do campo e os
centros geradores de tecnologia; colaborar com a melhoria da qualidade de vida das
populações que vivem das atividades da terra e trabalhar para a sustentabilidade da
agricultura.
O curso é bacharelado, em turno integral de funcionamento, regime de oferta seriado anual,
com as disciplinas semestralizadas.

Coordenador do curso: Prof. Dr. Matheus Gustavo da Silva
Coordenador adjunto: Prof. Dr. Felipe André Sganzerla Graichen
Apoio: Marielen Arguelho de Souza

 

COORDENADORIA DO CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL

O curso de Engenharia Florestal está orientado à Administração e Manejo dos Recursos
Florestais, baseados nos conhecimentos fornecidos pela Ciência Florestal. O Engenheiro
Florestal maneja e administra as áreas florestais visando a proteção ecológica, obtenção de
produtos florestais (madeira, essências, carvão, látex, resinas, caça, frutos, etc.), recreação
e lazer ou, ainda, obtenção de todos esses benefícios simultaneamente. Nas demandas
atuais, o Engenheiro Florestal planeja e executa projetos de florestamento e reflorestamento,
avalia e analisa os impactos ambientais decorrentes da intervenção de empreendimentos
humanos nos ecossistemas naturais e traça estratégias e ações para sua preservação,
conservação e recuperação. Atua nos processos de industrialização, de obtenção de
produtos e subprodutos florestais e na participação das diretrizes políticas de meio ambiente.A crescente importância atribuída as florestas no cenário nacional, não só econômica mas
também no meio ambiente, cria expectativa na expansão do mercado de trabalho. A
Engenharia Florestal faz interface com diversas áreas como biologia, botânica, solos,
ecologia, política, administração, economia e outras Engenharias. Empresas e indústrias
florestais, bem como órgãos florestais, ambientais e de fiscalização do governo (União,
Estados e Municípios) são os principais empregadores.
O curso é bacharelado, em turno integral de funcionamento, regime de oferta seriado anual,
com as disciplinas semestralizadas.

Coordenador do curso: Prof. Dr. Allan Motta Couto
Coordenador adjunto: Prof. Dr. Diego Pierre de Almeida
Apoio: Wilian Matos Silveira

 

ZOOTECNIA

SOBRE O CURSO
O curso de Zootecnia tem como objetivo formar profissionais com amplo conhecimento
teórico e prático em nutrição, alimentação, reprodução, melhoramento genético, produção e
manejo de animais e plantas forrageiras de interesse zootécnico. Proporcionar aos alunos
uma sólida base, para que o futuro profissional Zootecnista tenha condições de empregar
tecnologias adequadas nos diferentes sistemas de produção, melhorando a produtividade
dos rebanhos de forma sustentável, sendo capaz de atuar em diferentes biomas, mas com
perfil diferenciado, com um pródigo conhecimento das práticas zootécnicas das principais
espécies de interesse econômico no âmbito nacional e regional.

Coordenador do curso: Profa. Dra. Tânia Mara Baptista dos Santos
Coordenadora-adjunta: Profa. Dra. Deliane Cristina Costa
Apoio: Mayara Marie da Rocha Vieira Mota


QUEM PODE UTILIZAR ESTE SERVIÇO


CARACTERÍSTICA DO SERVIÇO

Online

SemiPresencial

Presencial


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS


ETAPAS DE PROCESSAMENTO DESTE SERVIÇO


CUSTO DESTE SERVIÇO


PRAZO MÁXIMO PARA ATENDIMENTO


CANAIS DE ACESSO A ESTE SERVIÇO

AGRONOMIA

CONTATO
Telefone: (67) 3904-2902
E-mail: agronomia.aquidauana@uems.br
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
O atendimento é realizado por telefone, e-mail ou presencialmente, de segunda à sexta-feira,
das 07h às 11h e das 13h às 17h, exceto feriados.

 

ENGENHARIA FLORESTAL

CONTATO
Telefone: (67) 3904-2902
E-mail: engenhariaflorestal.aquidauana@uems.br
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
O atendimento é realizado por telefone, e-mail ou presencialmente, de segunda à sexta-feira,
das 07h às 11h e das 13h às 17h, exceto feriados.

 

ZOOTECNIA

CONTATO
Telefone: (67) 3904-2902
E-mail: zootecnia.aquidauana@uems.br
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
O atendimento é realizado por telefone, e-mail ou presencialmente, de segunda à sexta-feira,
das 07h às 11h e das 13h às 17h, exceto feriados.

 


CANAIS DE COMUNICAÇÃO AO USUÁRIO

AGRONOMIA

CONTATO
Telefone: (67) 3904-2902
E-mail: agronomia.aquidauana@uems.br
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
O atendimento é realizado por telefone, e-mail ou presencialmente, de segunda à sexta-feira,
das 07h às 11h e das 13h às 17h, exceto feriados.

 

ENGENHARIA FLORESTAL

CONTATO
Telefone: (67) 3904-2902
E-mail: engenhariaflorestal.aquidauana@uems.br
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
O atendimento é realizado por telefone, e-mail ou presencialmente, de segunda à sexta-feira,
das 07h às 11h e das 13h às 17h, exceto feriados.

 

ZOOTECNIA

CONTATO
Telefone: (67) 3904-2902
E-mail: zootecnia.aquidauana@uems.br
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
O atendimento é realizado por telefone, e-mail ou presencialmente, de segunda à sexta-feira,
das 07h às 11h e das 13h às 17h, exceto feriados.

 


CANAIS PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DOS USUÁRIOS SOBRE A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO


COMPROMISSO DE ATENDIMENTO

Agir conforme o caput do Art. 37 da Constituição Federal Brasileira, ou seja, obedecendo aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.


LEGISLAÇÃO


OUTRAS INFORMAÇÕES

O usuário poderá manifestar sua satisfação ou avaliação do serviço prestado acessando o portal e-OUV do Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo do Estado do Mato Grosso do Sul pelo link: http://www.ouvidorias.ms.gov.br/publico/Manifestacao/RegistrarManifestacao.aspx

Ou também poderá se manifestar por e-mail dirigido ao sistema de Ouvidoria da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul: ouvidoria@uems.br


ELABORADO POR

1ª revisão e atualização em fevereiro de 2021 (art. 3º, 7º, §4º, Lei 13.460/17)
2ª revisão e atualização em outubro de 2022 por Wander Medeiros A. da Costa Procurador de Entidades Públicas MS/UEMS Matricula n. 97670022


SVG O que você achou desse serviço?

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.