SECID

Centro de Atendimento à Mulher Cuña M’Baretê – CEAM

O QUE É ESTE SERVIÇO

Centro de Atendimento à Mulher Cuña M’Baretê (CAM), foi criado no ano de 1999 passando por restruturação em 2015 para tornar-se o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM).

O CEAM é importante equipamento do Governo do Estado na prevenção à violência contra mulheres e meninas e na proteção às mulheres cujos direitos foram violados. Oferece atendimento psicossocial às mulheres que sofreram violência, incluindo psicoterapia, em local adequado para acolhimento, equipe capacitada e sensibilizada sobre a questão da violência de gênero. Possui ainda espaços elaborados para terapia individual, terapia em grupo, triagem psicossocial, oficinas de trabalho, palestras e reuniões. Conta também com uma brinquedoteca para as atividades de acolhimento para as crianças que acompanham as mães durante os atendimentos.

Caso a mulher precise do acompanhamento psicológico e não tenha condições de suportar as despesas com os deslocamentos, o CEAM fornece vale-transporte para os dias de atendimento, facilitando assim o seu empoderamento e a superação da violência.

 

Equipe Técnica: 

Coordenadora: Psicóloga Melania Araújo

Administrativo: Andrea Aparecida Alves Lemes

Secretária: Suzy Katiane Martins Vera

Secretária: Maria Silva Ortiz Acosta

Psicóloga: Celia Regina Cavalcante Mortali

Psicóloga: Silvia Lopes Otácio

Psicóloga: Elenise Roldan Melgarejo

Assistente Social: Aparecida Ferreira Cruz

Pedagoga: Lilian dos Santos Felizardo

Pedagoga: Neide Andrade Franco

Coperira: Maria Aparecida Sá

 


QUEM PODE UTILIZAR ESTE SERVIÇO

Mulheres vítimas de violência doméstica, que de acordo com a Lei Maria da Penha são elas: física, psicológica, sexual, patrimonial e moral.

Violência física: é qualquer ato contra a integridade ou saúde corporal da vítima.

Violência psicológica: é qualquer ação que cause prejuízo psicológico, como humilhação, chantagem, insulto, isolamento, ridicularização. São também considerados dano emocional e controle de comportamento da mulher.

Violência sexual: é aquela que força a mulher presenciar, manter ou participar de relação sexual indesejada. Impedir o uso de método contraceptivo ou forçá-la à gravidez, aborto ou prostituição mediante força ou ameaça, também se enquadram neste tipo.

Violência patrimonial: São situações quando o agressor destrói bens, documentos pessoais e instrumentos de trabalho.

Violência moral: Caluniar, difamar ou cometer injúria contra a mulher.


CARACTERÍSTICA DO SERVIÇO


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Apresentação de documentos pessoais.


ETAPAS DE PROCESSAMENTO DESTE SERVIÇO

Agendamento por telefone 0800-67-1236

Ou ir pessoalmente ao O CEAM,  que está localizado na Rua Pedro Celestino, nº 437 – Centro – Campo Grande/MS.

Horário de Atendimento: 07h30 às 17h30

Não é necessário a apresentação de Boletim de Ocorrência.


CUSTO DESTE SERVIÇO

Não há custos para este serviço.


PRAZO MÁXIMO PARA ATENDIMENTO

O prazo é estipulado pela psicóloga de acordo com a necessidade da pessoa.


CANAIS DE ACESSO A ESTE SERVIÇO

O CEAM, está localizado na Rua Pedro Celestino, nº 437 – Centro – Campo Grande/MS.

Horário de Atendimento: 07h30 às 17h30

Telefone para informações e agendamentos: 0800-67-1236

E-mail: ceam@segov.ms.gov.br


CANAIS DE COMUNICAÇÃO AO USUÁRIO

O CEAM, está localizado na Rua Pedro Celestino, nº 437 – Centro – Campo Grande/MS.

Horário de Atendimento: 07h30 às 17h30

Telefone para informações e agendamentos: 0800-67-1236

E-mail: ceam@segov.ms.gov.br


CANAIS PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DOS USUÁRIOS SOBRE A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO


COMPROMISSO DE ATENDIMENTO

Oferecer atendimento psicossocial às mulheres que sofreram violência, incluindo psicoterapia, em local adequado para acolhimento, equipe capacitada e sensibilizada sobre a questão da violência de gênero. Possui ainda espaços elaborados para terapia individual, terapia em grupo, triagem psicossocial, oficinas de trabalho, palestras e reuniões. Conta também com uma brinquedoteca para as atividades de acolhimento para as crianças que acompanham as mães durante os atendimentos.


LEGISLAÇÃO

Decreto CEAM


OUTRAS INFORMAÇÕES


ELABORADO POR


SVG Essa informação foi util?