SECRETARIA DE CULTURA E CIDADANIA

Seleção de expositores para o pavilhão “ MS Mostra MS – Espaço Economia Criativa – SECC/MS – FESTIVAL AMÉRICA DO SUL PANTANAL” – Regulamento de participação na programação do pavilhão do MS MOSTRA MS – Espaço Economia Criativa – SECC/MS – CHAMADA PÚBLICA

Atualizado em 27/11/2018 às 11:11

O QUE É ESTE SERVIÇO

Visa o fomentar/acompanhar/fortalecer e potencializar as iniciativas de economia criativa que serão selecionados por curadores designados pela Coordenadoria de Economia Criativa – SECC/MS como portfólio da edição – para 20 vagas.


QUEM PODE UTILIZAR ESTE SERVIÇO

Profissionais ou coletivos do Estado de MS, que atuarem na produção e difusão de produtos e serviços autorais  e de valor simbólico nos segmentos dos setores criativos definidos para cada edição do festival.


CARACTERÍSTICA DO SERVIÇO


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Documentos necessários para obtenção do serviço é especificada em edital.


ETAPAS DE PROCESSAMENTO DESTE SERVIÇO

1 – Lançamento da Chamada Pública no portal da SECC e publicação no Diário Oficial do Estado;

2 – Período para o envio das propostas e documentos via e-mail;

3 – Período de Seleção;

4 – Publicação da relação dos SELECIONADOS no portal da SECC e publicação no Diário Oficial do Estado;

5 – Reuniões para pré-produção e alinhamentos.


CUSTO DESTE SERVIÇO

A organização do “MS Mostra MS” disponibilizará alimentação, hospedagem e transporte à partir de Campo Grande para (01) um representante dos segmentos selecionados.


PRAZO MÁXIMO PARA ATENDIMENTO

A data de realização do festival.


CANAIS DE ACESSO A ESTE SERVIÇO

O Edital – pode ser obtido oficialmente no site www.imprensaoficial.ms.gov.br, e disponível na INTERNET no seguinte endereço eletrônico: www.secc.ms.gov.br.

O Edital – e seus anexos – são enviados via e-mail para todos os Gestores Culturais do Estado de Mato Grosso do Sul para divulgação e possível participação de empreendedores de seus municípios.


CANAIS DE COMUNICAÇÃO AO USUÁRIO

1 – DOE – Imprensa Oficial;

2 – Site oficial: www.secc.ms.gov.br  ;

3 – E-mail pessoa física/jurídica disponibilizado na inscrição;

4 –  No ambiente físico da SECC, endereço: Av. Fernando Corrêa da Costa, 559 – Centro – 5º andar – Memorial da Cultura e Cidadania “Apolônio de Carvalho”;

5 – Grupo de Wattsap com todos os expositores selecionados.

 

 


CANAIS PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DOS USUÁRIOS SOBRE A PRESTAÇÃO DO SERVIÇO


COMPROMISSO DE ATENDIMENTO

Compromissos:

  1. Hospedagem – em hotéis selecionados pela organização do evento no município onde acontece o festival;
  2. Alimentação – em restaurantes selecionados pela organização do evento no município onde acontece o festival;
  3. Transporte – empresa de transporte rodoviário contratado pela organização do evento.

Tratamento:

  1. Equipe da Coordenação de Economia Criativa designada para acompanhar e assessorar durante todo o evento.

Mecanismos de consulta:

  1. E-mail – economiacriativasectei@gmail.com;
  2. Telefone: (67) 3316-9326;
  3. Grupo de Wattsap.

LEGISLAÇÃO

Decreto Estadual Nº 14.692/2017


OUTRAS INFORMAÇÕES

  1. Programação do Espaço “MS mostra MS – Espaço Economia Criativa” se dará a partir da inscrição dos interessados, sendo prioridade contemplar coletivos e artistas que estejam alinhados às premissas da Economia Criativa: criatividade, sustentabilidade, diversidade cultural e inovação;
  2. GLOSSÁRIO:

       Para fins desse edital consideramos os seguintes conceitos:

CRIATIVIDADE: Capacidade ou habilidade de criar, de solucionar problemas através de uma maneira nova ou diferente da habitual; de atingir objetivos e propósitos, antigos ou novos, através de novos caminhos.

CIDADANIA: corresponde a um conjunto de direitos e deveres, individuais e coletivos, que tratam das relações sociais e políticas pautadas pela solidariedade, a democracia, os direitos humanos, a ecologia e a ética.

DIVERSIDADE CULTURAL: é a manifestação da originalidade e da pluralidade de identidades que caracterizam os grupos e as sociedades; é uma das fontes do desenvolvimento, entendido não somente em termos de crescimento econômico, mas também como meio de acesso a uma existência intelectual, afetiva, moral e espiritual satisfatória; é fonte da criatividade de um povo.

ECONOMIA CRIATIVA: contempla as dinâmicas culturais, sociais e econômicas construídas a partir do ciclo de criação, produção, distribuição, circulação, difusão, consumo e fruição de bens e serviços oriundos dos setores criativos, cujas atividades produtivas têm como processo principal um ato criativo gerador de um produto, bem ou serviço, cuja dimensão simbólica é determinante do seu valor, resultando em produção de riqueza cultural, econômica e social.

EMPREENDEDORISMO: é a capacidade de criação de valor por pessoas ou organizações na implantação de ideias ou empreendimentos criativos, assumindo riscos e implantando ações concretas.

EMPREENDIMENTOS CRIATIVOS: as atividades produtivas de base cultural com fins econômicos (comerciais e solidários) inseridas nos setores criativos.

EMPREENDEDORES CRIATIVOS: pessoas físicas que atuam nos diversos setores criativos (artistas, produtores culturais, gestores, técnicos e demais profissionais).

GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS: corresponde ao desenvolvimento de um conjunto de técnicas de planejamento, organização, coordenação, monitoramento e avaliação de atividades produtivas concebidas com a finalidade de garantir o cumprimento dos objetivos e propósitos dos empreendimentos.

GESTOR DE EMPREENDIMENTOS CRIATIVOS: profissional criativo, empreendedor e inovador, com capacidade analítica e crítica das dimensões culturais, sociais, políticas e econômicas do setor criativo onde atua, além de possuir o domínio de técnicas de gestão aplicadas ao desenvolvimento das atividades produtivas do empreendimento.

SETORES CRIATIVOS: Todos aqueles cujas atividades produtivas têm como processo principal um ato criativo gerador de um produto, bem ou serviço, cuja dimensão simbólica é determinante do seu valor, resultando em produção de riqueza cultural, econômica e social.

SUSTENTABILIDADE: termo usado para definir ações e atividades humanas que visam suprir as necessidades das gerações atuais, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades. O conceito de sustentabilidade é multidimensional integrando aspectos econômicos, sociais, ambientais e culturais. A sustentabilidade de um empreendimento criativo se dá a partir de um modelo de gestão que garanta a sua sobrevivência econômica, a suas relações com a sociedade, o uso racional de recursos ambientais e a compreensão da diversidade cultural como fonte de criatividade e inovação.


ELABORADO POR

Ricardo Maia dos Santos Coordenador de Economia Criativa 427104024
Deise de Barros Arantes de Lima Assessora Técnica COEC 427560022

SVG Essa informação foi util?

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.